Óleo Essencial de Canela da China "Cascas" - Laszlo

Código: la04 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Descrição: A caneleira (Cinnamomum zeylanicum) é uma árvore nativa do Ceilão, atual Sri Lanka. Hoje muito cultivada na Índia, trata-se de uma espécie que pertence à família Lauraceae e pode atingir até 15 metros de altura. No entanto, com o objetivo de estimular a brotação de novos ramos e a colheita, a caneleira é frequentemente podada para atingir, no máximo, 3 metros de altura. Era a especiaria mais procurada na Europa antiga, pois comercializá-la era sinônimo de riqueza. Por exemplo: um quilograma de canela no século XVI, vendida pelos portugueses, chegou a custar dez gramas de ouro. Fato é que o tempo passou e a canela, encontrada com certa facilidade no comércio de especiarias atualmente, vem sendo utilizada para os mais diversos fins, como em temperos, medicamentos, bebidas, sabonetes e perfumes.

O nome Cinnamomum vem do grego kinnamon, que é, provavelmente, uma corruptela do nome local da planta, kayu manis, ou seja, madeira doce.

Estudos da Associação de Medicamentos dos Estados Unidos (USDA) indicam que o uso de canela na quantidade de uma colher de chá diariamente reduz significantemente o açúcar no sangue e melhora a taxa de colesterol (LDL e triglicerídeos). Os efeitos, que podem ser conseguidos também ao utilizar canela em chás. O extrato aquoso reduziu a pressão arterial de ratos enquanto aumentou a sensibilidade das células à insulina, o que beneficia também os diabéticos.

Toxidade: Deve-se ter muita cautela com o emprego do óleo de canela, pois é altamente cáustico. Nunca faça seu uso puro sobre a pele, pois pode ocasionar forte ardência. Sempre diluída em óleo carreador (não gel ou creme). Em caso de alergias lave com água e sabão o local, use gel de calêndula ou lavanda (2%). Apesar de alguns livros de aromaterapia afirmarem ser a canela um óleo de risco para pessoas hipertensas, na verdade ela é vasodilatadora e pode ocasionar é queda de pressão, e não o contrário.

Evite seu uso em grávidas, já que por aumentar a circulação sanguínea e ocasionar vasodilatação, pode aumentar as contrações do parto e trazer risco de um nascimento prematuro.

Propriedades terapêuticas: Seu óleo é conhecido por possuir forte atividade antibiótica e anti-infecciosa. Sendo também um poderoso anti-inflamatório e analgésico útil em problemas como artrite, reumatismo, tendinite e dores.

Na inalação, com o uso de vaporizador ambiental de quarto, a canela é um óleo muito efetivo no combate a fungos causadores de alergias respiratórias e microrganismos infecciosos.  Utilizado em difusores, evita que o vírus da gripe se espalhe pelo ar. É também um tonificante do sistema respiratório.

É um forte antioxidante, rico também em propriedades anticancerígenas, úteis por exemplo no câncer de pele.

Também é atribuído à canela propriedades hormonais (estrogênicas em TPM e menopausa), repelentes do mosquito transmissor da dengue e ativadoras da circulação (em problemas de varizes e má circulação). 

É utilizado nas massagens como tonificante, imune estimulante, analgésico, ativador da circulação sanguínea e como estimulante sexual.

Propriedades cosméticas: Diluído em shampoos, a canela pode ser uma alternativa eficiente no tratamento de piolho, pulgas e carrapatos.            

Propriedades emocionais (psicoaromaterapia): É considerado dentro da aromaterapia um aroma revitalizante, capaz de reduzir a sensação de medo, despertar o ânimo, a autoconfiança e a alegria. Indicado para pessoas apáticas, em depressão, com fadiga ou com síndrome do pânico.

Há quem acredite que a canela traga bons fluidos financeiros, sendo seu odor reputado como "chamariz" para atrair clientes a negócios.

Perfumaria: Quente, temperado e um pouco forte. Está, muitas vezes, presente em perfumes sensuais e afrodisíacos.

Cuidados e precauções: Não usar puro sobre a pele - usar sempre diluído (como em óleo vegetal ou em bases cosméticas neutras). Usar sempre em baixa dosagem.

Em caso de irritação, suspenda o uso e procure orientação médica. A Laszlo não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos. Procure orientação de um profissional qualificado para o uso dos óleos essenciais.

Conservação: Os óleos essenciais são sensíveis à radiação UV, bem como a evaporação gradual dos seus constituintes. É importante manter os óleos essenciais em frascos escuros a temperaturas entre 5 ° C e 40 ° C. Guardar numa caixinha na geladeira, pode manter sua qualidade inalterada por mais tempo.

Apresentação: Frasco de vidro contendo 10,1 mL na cor âmbar (escuro) com gotejador. 

Outras características:

 

•             Testado em Animais: Não

•             Para Vegano (sem ingredientes de origem animal): Sim

•             Contém Parabenos: Não

•             Contém Sulfatos: Não

•             Contém Perfume Artificial: Não

•             Contém Corante Artificial: Não

•             Contém Óleo Mineral: Não

•             Contém Silicone: Não

Produtos relacionados

Sobre a loja

A SantOrganico é uma loja online especializada em maquiagem e cosméticos orgânicos, nossa principal preocupação é facilitar o acesso à uma vida mais saudável mantendo seus rituais de beleza e cuidado. Site 100% seguro. Atendemos todo Brasil.

Social
Pague com
  • Pagar.me
Selos

NATU PRODUTOS NATURAIS E COSMETICOS LTDA - CNPJ: 30.713.436/0001-99 © Todos os direitos reservados. 2018