Óleo Essencial de Lavanda Dentata - Laszlo

Código: la06 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

A Lavanda dentata (Lavandula dentata), ou "dentada", possui este nome devido às suas folhas denteadas. Esta espécie de lavanda é uma das poucas que conseguem florescer no clima brasileiro. A lavanda verdadeira (Lavandula angustifolia) não floresce no Brasil devido ao horário que o nosso sol se põe que é cedo (na Europa, em alguns locais, o sol se põe após 20hs, permitindo a florescência da maioria das lavandas).

O óleo essencial da lavanda dentata possui uma composição similar ao óleo da Lavandula stoechas, ambos ricos em fenchona, cineol e cânfora.

Diferente de outros óleos de lavanda, os óleos destas lavandas são altamente estimulantes e nada sedativos ou calmantes como a tradicional lavanda verdadeira que tem o óleo mais vendido em comércio.

A presença alta de cânfora e cineol mostra um potencial uso deste óleo essencial na parte respiratória, em sinusites, bronquites, além de uso em infecções pulmonares de grau médio.

Um estudo realizado na Tunísia, demonstrou que o óleo de lavandas ricas em fenchona, como a dentata e a estoeca, tem potencial de controlar a hiperglicemia1. Este mesmo componente demonstrou potencial antimicrobial frente ao bacilo da tuberculose2. Outros óleos ricos em fenchona apresentaram efeito eficiente contra a malária3, contra besouros4 comuns nas farinhas dos armários de cozinha, e a fenchona ainda teve ação repelente do mosquito da dengue por 30 minutos na pele7.

Na parte agrícola, foi descoberto que a fenchona, adicionada a solos, aumenta a sua capacidade respiratória com aumento da proliferação de bactérias positivas ao solo5.

Por a lavanda dentata ter um óleo rico em cânfora e fenchona, é recomendado evitar o seu uso em pessoas com epilepsia, hipertensão ou grávidas4.

No interior de São Paulo, uma plantação tem mudado a paisagem de uma cidadezinha. A cor e o cheiro de uma planta famosa em outros países tem se adaptado ao solo paulista e mostrado seu potencial como matéria prima para diversos produtos. É a Lavanda dentata! VEJA O VÍDEO EM: 
http://noticias.cancaonova.com/plantacao-de-lavanda-muda-p…/

A Laszlo ficou cerca de 2 anos sem ter lavanda dentata em seu portfólio e agora retornou em 2017 com um lote deste óleo com qualidade superior ao antigo. Ele possui teor mais elevado de cineol, equilibrando olfativamente o aroma pungente da fenchona e amargo da cânfora. Um óleo principalmente especial para o aparelho respiratório, por sua ação expectorante e antibiótica, e para quem busca o cheiro de uma lavanda mais rústica em casa ou nos perfumes.

Cromatografia Lavanda dentata Laszlo:

α-pineno 3.4
canfeno 1.3
β-pineno 5.0
mirceno 0.6
p-cimeno 0.6
limoneno 3.1
1.8 cineol 47.9
fenchona 16.2
canfora 15.4
cimen-8ol 1.1
β-selineno 0.6
β-bisaboleno 0.6
outros 4.2

Por Fábián László
Cientista aromatólogo

Produtos relacionados

Sobre a loja

A SantOrganico é uma loja online especializada em maquiagem e cosméticos orgânicos, nossa principal preocupação é facilitar o acesso à uma vida mais saudável mantendo seus rituais de beleza e cuidado. Site 100% seguro. Atendemos todo Brasil.

Social
Pague com
  • Pagar.me
Selos

NATU PRODUTOS NATURAIS E COSMETICOS LTDA - CNPJ: 30.713.436/0001-99 © Todos os direitos reservados. 2018